Postagens populares

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Qual é o meu tempo?

“Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião.”
- Eclesiastes 3:1

Qual é o meu tempo?

Quando era criança, acredito que responderia mais facilmente esta pergunta.
Por que eu tinha convicção a cada fase que passava, o que veria depois, mesmo com as circunstancias da vida.
Como, por exemplo, os problemas respiratórios que tive desde os dois anos e meio de idade. Os médicos me prometiam, que quando eu crescesse, que tivesse uns dozes anos, meus pulmões estariam mais fortes e mais resistentes as dificuldades para respirar. E, quando me tornei adolescente foi o que aconteceu. As crises semanais se tornaram em crises mensais e até anuais, o que me fez viver melhor gradativamente.

Foi o tempo. Eu sabia que um dia iria passar, de uma forma ou outra. E hoje?

Eu consigo responder melhor a esta pergunta?

Nossas vidas continuam cheias de promessas: Promessas que seremos felizes, promessas que seremos prósperos em tudo, promessas que seremos melhores e promessas e promessas.

Algumas de valor, como as de Jesus para nós. Algumas ilusionistas que a sociedade cria para nos engabelar. Enfim, não importa. Estamos cheios de expectativas em relação a tudo, mas ás vezes não sabemos respeitar o tempo para cada uma delas e nos desesperamos.

Podemos chamar o nosso tempo de Cronológico, é medido por anos, meses, dias, horas, minutos e segundos.
Podemos chamar o tempo de Deus de Kairós, que “um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia".
E o que muda? O que posso encaixar nisso?

Apenas minha vida. Meus sentimentos, inquietações, aceitações e esperanças.
Se eu pudesse definir o meu tempo, ah seria outra coisa.

Já estaria com uma vida estabilizada, cursando a minha faculdade, livre de meus problemas de saúde, ajudando minha família, sendo mais útil pra Deus, mas e aí? Confesso que nada disso me pertence.
E as vezes me pego frustrada por conta disso.

Mas, quero me encorajar a identificar o meu tempo H O J E.

O que temos pra hoje?
Investimentos? Desafios? Superação?

Olhe pra você, e veja o que precisa cultivar hoje para realizar seus planos amanha.
Pode ser um sorriso que falta, uma oração mais sábia, uma coragem que vem lá do alto.
Não podemos acertar sempre, a vida é imprevisível.

Mas, devemos ter convicção do nosso tempo Hoje! Ele é precioso e tem o seu tesouro.
Talvez amanhã eu lembre desse texto e veja como foi importante ter aproveitado esse dia que não volta mas.

“Qual o meu tempo”?
O meu tempo é de lutar a cada dia, não desistir de sonhar, e nem deixar os problemas me sufocarem. É de acreditar, mesmo que eu nem tenha coragem pra isso. É de ousar, é de trabalhar, é de utilizar aquilo que tenho em minhas mãos, por que cada coisa vai acontecer em sua ocasião, que nem já aconteceram tantas coisas.


Viver é um risco que risca a vida que você não arrisca. Minha avó dizia, coloca o medo debaixo do braço e siga.”

- Marcela Taís

6 comentários:

  1. Estou gostando cada vez mais desse espaço! Já estou seguindo.

    Ótimo texto! O dia de hoje é precioso...

    http://raquelempalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém querida!
      Ore por nossos espaço, que Deus te abençoe!

      Excluir

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)