quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Receita de alma nova


Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanhe ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

- Carlos Drummond de Andrade

Toda a equipe do blog tem o coração grato pela sua vida, querido leitor e desejamos de todo o coração continuar trabalhando para te ver bem todos os dias. Conte sempre conosco. Não queremos desejar apenas um feliz Natal ou Ano novo, queremos te ver feliz continuamente, amém? 
Que Deus derrame de suas benção infinitas sobre a sua vida. 
Ah, iremos entrar de férias aqui no blog, voltaremos no dia 14 de Janeiro de 2019, mas até lá estaremos ativas na Pagina do Facebook

O objetivo de um ano novo não é que nós deveríamos ter um ano novo. É que nós deveríamos ter uma alma nova.
G. K. Chesterton

Paz 

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Não se preocupe

"Muitos são os planos
no coração do homem,
mas o que prevalece
é o propósito do Senhor." 
- Provérbios 19:21



Todos os anos estabelecemos metas longas e curtas, acreditamos que iremos concluí-las. Ficamos eufóricos com a chegada de um novo ano, uma nova chance, não é verdade? Todos os anos é sempre o mesmo êxtase, mas quando chega o findar do ano muitos reclamam:
"Nada deu certo esse ano."
"Que chegue logo o próximo ano, cansei!"
"Não concluí minhas metas."
"Nada foi diferente."
Será que os seus planos, bem como as metas têm sido construídos de acordo os propósitos do Senhor? Ou tem sido apenas seu querer? Seus caprichos?
Deus é o início, meio e fim da nossa vida, o centro, então se Ele é tudo, o nosso tudo deve ser de acordo à Sua vontade, não são os meus planos ou os seus, são os dEle.

Um problema que nos afeta muito, impedindo o progresso é a falta de motivação, sentimo-nos fracos, sem disposição para perseverar. Eu, sei que é difícil, mas o que nos traz motivação, é o Espírito de Deus em nós, Ele que nos anima, florescendo nosso espírito, a motivação que vem de Deus nos enche de força para continuar. O apóstolo Paulo aprendeu a viver contente em sua caminhada mesmo com todos os desafios, ele sabia que tudo podia nAquele que o chamou. (Filipenses 4)
Cristo suprirá todas as nossas necessidades, em todos os anos. Como Aquele que nos soprou a vida, nos deixará a mercê?

Mas eu exponho aqui sobre necessidades, o que é preciso, não sobre desejos supérfluos.
Chegamos a dezembro, o último mês do ano de 2018, um ano de experiências incríveis, não se preocupe com o que não foi concluído, peça direção ao Pai, leve para o próximo ano se possível, não se apegue a pequenas coisas não se frustre, você é bem mais que uma anotação foi pago um alto preço para a meta de Cristo em sua vida ir além.
Se planeje, mas de acordo aos planos do Senhor, seja obediente, siga Seus passos e tenha certeza o realizar dEle não se frustra.

"Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade." 
- Filipenses 2:13


Com amor e esperança,
Lavínia da Hora

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Corro para Deus

"Recorram ao Senhor e ao seu poder;
busquem sempre a sua presença". 
Salmos 105:4

Recorrer significa: dirigir-se, percorrer, caminhar insistentemente em direção a algo ou a alguém. 
E este versículo está apontando diretamente para Deus. 
Talvez estejamos parados, estagnados no meio do caminho, enquanto o Senhor está de braços abertos no Trono da graça, pronto a nos acolher. 

O caminho é duro, o desânimo vem, as lutas são diárias, mas nós temos o Senhor, a quem podemos recorrer em oração e joelhos dobrados, e se estamos fracos Ele nos dá do Seu poder; somos reerguidos e revestidos da armadura para o bom combate.


Por muitas vezes sinto-me assim, minha alma se perturba angustiada e eu começo a orar. 
Por muitas vezes sinto-me distante do meu Senhor como se houvesse uma barreira, e de fato há, a barreira chamada pecado; a vergonha que sinto por envergonhá-Lo e depois voltar-me para Ele com os meus pedidos de perdão, e isso se repete todos os dias. Creio que Deus é muito misericordioso e paciente!

Eu realmente tenho nojo dos meus pecados, de quando eu contrario a vontade do Senhor;
de quando vejo a falta de amor que há em mim pelo meu próximo, e como é difícil amar as pessoas. Sinto-me tão indigna deste amor cheio de graça que Ele concede a mim, apesar dos meus pecados.

Hoje ao ler a palavra de Deus, fui tocada profundamente, e sabe, não importa quantas vezes eu peque, erre e falhe; eu preciso recorrer ao Senhor.

Não importa quantas vezes os passos no caminho sejam dolorosos e eu sinta-me fraca; preciso recorrer ao Senhor de novo e de novo, e buscar o seu poder. 

Compreendo que Deus fez com que eu pudesse ver  por dentro toda a minha sujeira, para eu enxergar minha esperança de salvação e transformação na pessoa de Jesus Cristo.  

Pois Ele mesmo disse: Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento. (Mateus 9:13)

Ele chamou-me pecadora e chama a ti também neste dia.
Jesus e o nosso remédio, a cura para o nosso pecado, o milagre, a mudança e transformação que precisamos. 

Busquemos a  presença de Deus, pois Ele nos ama e nada do que eu façamos poderá mudá-Lo, não importa quantas vezes pequemos, Ele nos ama e nos tornará cada dia mais semelhantes a Ele, como filhos amados que somos. Tenhamos fé neste amor sublime do Altíssimo e a boa obra que Ele começou em nós, irá concluir até O dia de Jesus Cristo.


Me perguntam: qual é o maior ato de fé? Para mim é olhar no espelho com todas as minhas falhas, todos os meus pecados, todas as minhas deficiências, e acreditar que Deus me ama, exatamente como Ele diz que me ama.
— Paul Washer.

Com Gratidão e alegria:
- Patrícia Gomes.

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

“Virgindade perdida: ajuda prática para recuperar seu futuro”

Jana era nova no grupo de jovens e parecia ter construído um ímã para cada rapaz que conhecia ela. Ela era bonita, mas muito tranquila, o que criou instantaneamente intriga e curiosidade em todos os rapazes que a viam.
Seus pais não eram fãs de ela ter um namorado até que ela fosse mais velha, por isso ela não levava a sério nenhum desses caras.
Até que ela conheceu Nate.
Nate era o filho mais novo do pastor e não a “perseguiu” como o resto dos rapazes.
Isso criou curiosidade e intriga em Jana e ela tornou-se secretamente determinada a adicionar a atenção dele em sua lista.
Dentro de uma semana eles eram amigos.
Nate não era o que a maioria das meninas considerava atraente, mas ele tinha uma personalidade contagiante que envolveu Jana e a cativou. Jana começou a sonhar em como seria ter Nate como namorado e imaginou quão excitante seria ir a encontros com ele.
Não muito tempo depois, Nate e Jana descobriram um plano secreto para se encontrarem sem que ninguém percebesse. Eles disseram a seus pais que estavam saindo com um grupo de amigos, mas secretamente saíam sozinhos.
Uma mentira leva a outra, um compromisso ao outro, e dentro de seis meses Nate e Jana tinham dado sua virgindade um ao outro.

Instantaneamente chocada com o que tinha feito, Jana estava muito envergonhada e constrangida de dizer a seus pais. Ela chorou até dormir à noite com um milhão de perguntas que atravessavam sua mente.
“Eu valho alguma coisa agora?”
“Deus pode me perdoar?”
“Será que um homem de Deus nunca vai querer se casar comigo?”
“É possível ter um futuro puro?”
“Como faço para me recuperar dessa?”
Jana lutou com perguntas como estas e muitas mais.
Você já se sentiu como Jana?
Estamos continuamente recebendo e-mails de meninas cristãs assim como Jana e elas estão fazendo as mesmas perguntas .
Temos escrito muitos posts sobre os temas de pureza e guardar o sexo para o casamento… mas e sobre as meninas cristãs que perderam a virgindade? E sobre as meninas que já estão do outro lado da cerca?
E agora?
É exatamente para resolver isso que este post está aqui.

Seja você uma garota solteira que perdeu a virgindade, ou seja você ainda virgem, este post será benéfico para você. Também será um grande recurso para encaminhar a quaisquer amigas que precisam de esperança.
Nossa cultura diz que não é um grande problema perder a virgindade antes do casamento, mas eles esquecem de mencionar as letras pequenas do contrato.
Goste a cultura ou não, eles não escreveram o livro de regras.
Deus é o autor, desenhista e criador do sexo, e Ele escreveu o manual. Contrariamente à opinião popular, ele não criou para ser arremessado, dado a um namorado, ou usado para preencher um vazio (Gênesis 2:24).
Deus criou o sexo para ser usado em UM contexto e um contexto somente – casamento (entre um homem e uma mulher, devo acrescentar). Fora desse contexto, sempre haverá consequências (Hebreus 13:14). Vemos isso nas milhares de jovens cristãs (e homens) que estão lutando com vergonha, culpa, depressão, insegurança, e medo como resultado de “amor despertado antes do seu tempo” (Provérbios 5:15).
Se você é uma menina solteira que doou a sua virgindade, você vai colher algumas consequências indesejáveis do seu pecado; mas toda a esperança não está perdida para o seu futuro.

Um passado quebrado não significa um futuro quebrado. Como qualquer pecado, a Bíblia te oferece a liberdade e um futuro restaurado se você seguir o plano de Deus. Ao tomar as medidas adequadas de confissão, arrependimento e perdão, você pode restaurar o seu futuro.
Embora você nunca vá recuperar a sua virgindade, você pode recuperar a sua esperança.
Eu sei de uma mulher cristã que deu sua virgindade quando adolescente, mas, em seguida, seguiu os passos da Bíblia para a liberdade e passou a viver uma vida abundante para Cristo. Ela se casou com um pastor e agora trabalha em um ministério cristão maravilhoso.
Louve a Deus porque Ele restaura as coisas!

Se você é uma menina solteira que doou a sua virgindade e você gostaria de encontrar esperança para o seu futuro, fazer as oito etapas a seguir é um ótimo jeito de começar .

1. Confesse seu pecado a Deus.
O primeiro passo para superar o seu pecado passado é confessá-lo a Deus. Ore e sinceramente confesse seu pecado a Deus e verbalmente reconheça a Ele que você desobedeceu a Sua Palavra e pecou contra Ele.
Eu também te exorto a confessar seu pecado a seu pai ou mãe, líder piedoso, ou mentor de confiança. Como um jovem adulto, você provavelmente desobedeceu seus pais com suas ações, então confessar seu pecado para eles é essencial no processo de recuperação. Tiago 5:16 diz: “Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para que vocês possam ser curados.”

2. Peça a Deus para te perdoar.
Depois de ter confessado seus pecados, peça perdão a Deus. Se você for sincera, Ele promete te dar o perdão completo. 1 João 1:9 diz: ” Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” Você entendeu essa última parte? Deus é fiel para purificar de toda injustiça. Que promessa de esperança!

3. Arrependa-se de seu pecado e mude suas ações.
Depois de confessar abertamente os seus pecados e pedir a Deus para te perdoar, o próximo passo é se arrepender. Na Bíblia, a palavra arrepender-se, literalmente, significa “mudar de ideia.” Você precisa conscientemente mudar de ideia sobre a sua visão do sexo e certificar-se de que suas crenças estão alinhadas com Deus. A Bíblia também nos diz que o verdadeiro arrependimento resultará em uma mudança de ações (Lucas 3: 8-14; Atos 3:19). Deste ponto em diante, suas ações devem refletir uma menina que está se esforçando para ter pureza.

4. Encontre a raiz do seu erro.
Ter relações sexuais fora do casamento geralmente é apenas um sintoma de um problema muito mais profundo. Você precisa examinar sua vida e se perguntar: “onde foi que eu errei?”

Qual foi o seu principal problema?
– Você estava em rebelião?
– O seu relacionamento com Deus era fraco ou inexistente?
– Você não entendeu as instruções de Deus em relação ao sexo?
– Você cedeu à pressão dos amigos?
– Você escolheu um mau namorado?
– Você estava em um relacionamento secreto?
– Você não tem limites morais em sua vida?
– Você estava confusa sobre o significado do amor?
– Você queria “sentir” como se alguém realmente te amasse?
– Um livro de romance/filme te seduziu a ser sexualmente ativa?
– Outras coisas?
Será que alguma das razões acima contribuem para você errar? Se assim for, não cometa esses mesmos erros novamente. São as pequenas coisas que lentamente nos conduzem para grandes pecados. Encontre a raiz dos seus problemas e ataque as questões centrais. Tome melhores decisões no futuro para que você não colha as mesmas consequências.

5. Corte más influências.
Quer se trate de um namorado ruim, grupo de amigos, amigos do Facebook, amigos do snapchat, filmes ruins, músicas ruins, livros ruins, revistas ruins, etc, eu altamente te incentivo a retirá-los. Nada vai te puxar para baixo mais rapidamente do que más influências em sua vida. Sei que isso pode parecer extremo para você, mas situações extremas exigem medidas extremas (Mateus 5:29). Isto é essencial para andar em liberdade duradoura.

6. Criar limites em sua vida.
Este é um passo muito importante a tomar. Tantas garotas bem-intencionadas se encontram em um ciclo louco de cometer os mesmos grandes erros uma e outra vez. Se você sinceramente seguiu os passos 1 a 5, a etapa 6 é uma OBRIGAÇÃO.
Sem limites em sua vida, você é como um treinador de esportes que não dá direção à sua equipe. Sem um plano de jogo e um objetivo, os jogadores são deixados para descobrirem as coisas por conta própria. Isso raramente resulta em uma vitória. Sua vida funciona da mesma maneira.
Com a ajuda de um pai, líder piedoso, ou mentor sábio, crie um conjunto de limites e orientações que irão ajudá-la a ter sucesso (ou seja, eu nunca estarei sozinha com um cara, eu não vou beijar outro cara até o casamento, eu não vou ficar fora até tarde nos finais de semana, etc.).

7. Procure prestar contas.
Uma vez que você criar limites, você vai precisar segui-los para ser bem sucedida. Voar sozinha nunca é uma boa ideia. Peça a uma mulher cristã piedosa para que você possa prestar contas a ela dos seus limites. Mostre-lhe a sua lista e agende acompanhamento por telefonemas ou pessoalmente semanal ou mensalmente.
Isso pode ser difícil para você no começo, mas você precisa ser corajosa o suficiente para fazer o que for preciso para ter vitória. Se libertar do seu pecado não vai ser fácil no início… é por isso que uma parceira de “prestação de contas” é necessário. Elas serão o seu botão de “alerta” quando você chegar perto da beira da estrada.

8. Encha sua mente com a verdade.
Durante os últimos (porém muitos) anos você provavelmente tem enchido sua mente com mensagens do mundo sobre o amor e romance. É hora de cortar o mau dessas influências e encher a sua mente com a verdade de Deus. Eu te incentivo bastante a fazer uma pesquisa no Google sobre o que a Bíblia diz sobre o casamento, pureza e sexualidade. Leia esses versículos uma e outra vez.
Além disso, eu altamente te incentivo a obter uma cópia de um, ou todos os seguintes livros:
– E a noiva vestiu branco por Dannah Gresh
– Meet Mr. Smith: Revolutionize the Way You Think about Sex, Purity, and Romance por Eric e Leslie Ludy (sem tradução)
– Sexo não é problema (Lascívia, sim) por Joshua Harris

Se você está certa sobre encontrar a liberdade de seu pecado de sexo antes do casamento, então eu não posso exortá-la o suficiente a seguir essas oito etapas em seu coração.
Agora, eu sei que cada situação é diferente e algumas são mais complicadas do que outras. Então, eu também a incentivo a buscar algum aconselhamento sábio de uma mulher de Deus em sua área específica.

As consequências do sexo fora do casamento podem ser muito complicadas de se resolver às vezes (gravidez, doenças, relacionamentos quebrados, etc.) e eu não posso resolver tudo em um post. É por isso que uma mulher sábia em sua área local será essencial para ajudar você a recuperar seu futuro.

Para encerrar este artigo, eu quero deixar alguns pensamentos encorajadores finais.
Não importa onde você está e o que você fez no seu passado, Deus vai perdoá-la se você pedir a Ele. Sua vida está liberta do pecado e a minha também. Todos nós precisamos desesperadamente de Deus para nos ajudar todos os dias.

Satanás quer prendê-la em sentimentos de inutilidade, depressão e desespero, mas não fique presa lá! Você pode ser restaurada e você pode andar em liberdade do seu pecado passado.
Deus nunca desiste de nós.
Você ainda tem a oportunidade de casar com um homem piedoso algum dia. Você ainda tem a oportunidade de ser usada por Deus de maneira poderosa. Você ainda tem a oportunidade de ter um futuro puro a partir deste dia em diante.

“Ele vai lhe dar uma coroa de beleza para cinzas, uma bênção alegre em vez de luto, o louvor festivo em vez de desespero. Em sua justiça, eles serão como grandes carvalhos que o Senhor plantou para a Sua própria glória.”
Isaías 61:3

Espero que este post tenha sido útil e encorajador para você! Eu sei que este foi um assunto pesado, mas eu oro para que lhe dê a esperança que Deus promete para o seu futuro.

Estou torcendo por você, garota!

* Este post é uma tradução de um artigo de Kristen Clark, publicado originalmente no blog: GirlDefined, traduzido e publicado em português no blog Inconformados.

Com fé,
Shirley Costa

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Tenho vencido o pecado?

"Quem esconde os seus pecados
não prospera,
mas quem os confessa e os abandona
encontra misericórdia."
- Provérbios 28:13


A palavra pecado significa violação, desobediência, erro ou falta de algo no sentido religioso, ou seja, desobediência à vontade do Nosso Pai.
O ser humano em si tem a natureza pecaminosa, natureza terrena caída, em Cristo somos pecadores arrependidos, onde dia após dia lutamos contra esse mal que nos afasta do Altíssimo, pecando e nos arrependendo, sendo perdoados por Ele. 
Dar liberdade a carne, é libertar tudo o que desagrada a Deus, a matéria humana é caída bem como vulgar em qualquer instância, sua essência é corruptiva. Alguns alimentam pecado de estimação, não conseguem largar aquilo que se tornou costumeiro em sua vida, mesmo sendo errado e desagradando a Deus. 

Você, tem vencido o pecado? 

Até que ponto devo confiar em minha carne? Em nenhum ponto, ela não merece confiança, sua capacidade é de me levar ao mais profundo abismo. 
Deus é tão misericordioso, conhecendo essa nossa natureza nos deu a chance de sermos alcançados por um Salvador, o Senhor Jesus Cristo. O Sacrifício de Amor que lavou o homem de toda a iniquidade e trouxe Graça abundante a todo o arrependido. 

A caminhada não é fácil, isso nunca foi prometido, reconhecer o pecado, viver contra ele, enfrentar todas as guerras carnais e seguir com Aquele que nos amou primeiro. Cristo nos liberta do pecado. 
A única forma de estar longe do pecado é estando com Cristo, fielmente. Elimine tudo o que te leva ao pecado, tudo o que te aproxima dele, se agarre ao que te leva a Cristo, tudo o que dEle vem é Santo. Medite na Palavra, viva uma vida de entrega diária, saudável e pura, arrependa-se em cada instante, e receba o perdão libertador. 
Seja firme, o Amor Misericordioso de Deus chama por nós! 

"Como é feliz aquele
que tem suas transgressões perdoadas
e seus pecados apagados!" 
- Salmos 32:1

"[Leia pelos olhos da Graça]:
Sê pecador e peça fortemente, mas crê ainda mais fortemente."
- Martinho Lutero 

Com esperança e fé, 
Lavínia da Hora. 

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

O amor de Deus me transforma

"Quem tem o poder de extrair algo puro e bom da impureza e da impiedade? Ora, nenhum ser humano, com certeza!" 
- Jó 14:4 

De fato, ser humano algum é capaz de isto fazer, pois o pecado derrubou a nós todos e a queda do homem foi muito grande. Mas para a nossa alegria, existe alguém que tem Todo o Poder; é  Ele, o Senhor Deus, Ele tira coisa pura da impureza.  
Me lembro de quando caminhava desgarrada na iniquidade longe do Reino, sobrecarregada de pecados naquela vida ímpia, pensamentos perversos e sem esperança. Longe, muito longe e afundada na minha impureza. 

Até que um dia a Sua luz iluminou o túnel da minha vida escura, a Sua graça me alcançou e provei do Seu amor. Me falaste da esperança que existe para o perdido, e que há perdão para todo homem e toda mulher que se arrepende de seus maus caminhos. O Senhor veio ao meu encontro e eu me arrependi e Ele me perdoou e transformou a minha vida, me limpou e me purificou de todo pecado. 
Sim, Deus tira coisa boa da impiedade. 

Sei que não posso santificar por mim mesma, sei de toda fraqueza da minha carne, e do quanto sou ainda pecadora, mas Deus me conforta ao me mostrar que a vida do cristão é assim mesmo: Pecar e se arrepender, pecar e se arrepender.
A vida do cristão é essa luta contra a carne, contra os próprios desejos.
A minha luta é contra mim mesmo, pois sou eu o meu pior inimigo.

Sei que não posso santificar-me, mas Deus me santifica dia a dia com a Sua Palavra de instrução, de zelo, de correção e de amor.

"Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de vocês, vai continuá-lo até que ele esteja completo no Dia de Cristo Jesus." 
- Filipenses 1:16

Por isso, quero lhe dizer que não desanime, que não se apoie no seu próprio entendimento de achar que não tem esperança para você pois seus pecados são grandes, Leia: Sim! há esperança, há perdão, há transformação, há um Deus misericordioso e sobremaneira grande que todos os seus pecados,  e Ele ama você e quer lhe purificar e lhe dar a salvação. Deixe-se encontrar pelo Senhor neste tempo! 

"Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento."
Mateus 9:13b

"Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar todos os pecados e nos purificar de qualquer injustiça."
1 João 1:9  

"Há festa no céu quando um pecador se arrepende."
Lucas 15:7

"Saber que Deus conhece tudo a meu respeito e ainda assim me ama é de fato o meu consolo definitivo."
— R. C. Sproul.

O Senhor nos ama para sempre e este amor nos transforma.

- Com paz na alma:
 Patrícia Gomes.