Postagens populares

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

O Jesus que eu nunca conheci

"Tudo em Cristo me deixa perplexo. Seu espirito me intimida, e sua vontade me confunde. Entre Ele e qualquer outra pessoa do mundo, não existe termo possível de comparação. Ele é verdadeiramente um ser por si mesmo (...). Procuro em vão na historia encontrar o semelhante a Jesus Cristo, ou qualquer coisa que se possa aproximar do evangelho. Nem a historia, nem a humanidade, nem os séculos, nem a natureza me oferecem qualquer coisa com a qual possa compara-lo ou explica-lo. Aqui tudo é extraordinário."
 - O Jesus que eu nunca conheci (Phillip Yancey)

 Cada um que ao longo da historia ouviu falar, encontrou ou teve um relacionamento com Jesus, adquiriu um conceito para Ele. Assim como eu e você.
 Para a Maria, Ele foi um presente vindo direto do céu. O Filho de Deus seria concebido em seu ventre.
 Para os fariseus, quando Jesus começou seu ministério, Ele foi uma ameaça onde desfez as regras deles e mostrou o que verdadeiramente agrada a Deus.

Para os discípulos, Ele foi o mestre, aquele que fez milagres, curou enfermos, ressuscitou mortos, multiplicou alimentos.
Para a multidão que o seguia, Ele foi a Palavra. As pessoas não o seguiam por que Ele era bonito ou cantava bem, mas por que Ele era (é) o caminho, a verdade e a vida.
Para a ciência, Ele foi um tropeço na historia, onde foram obrigados a tentar explicar aquilo que só a fé explica.
E para nós hoje, você tem alguma explicação?


Confesso que ao ler "O Jesus que eu nunca conheci" do Philip Yancey, a minha fé foi confrontada, crescida e despertada. Não tenho uma explicação bem bolada para te dar, apenas te afirmo que Jesus é muito mais do que a visão limitada que temos.


"Jesus é radicalmente diferente de qualquer outra pessoas que já tenha vivido. Alguém que é um exemplo de vida e alguém que é a própria vida."


Somos pessoas que não damos valor ao sacrifício da cruz, por que não paramos para refletir no que isso significou para a humanidade. Em todo tempo estamos preocupados com as nossas próprias feridas, mas não ligamos para alguém que abriu feridas por nós!
Estamos diante de um Deus que pela Palavra fez tudo existir, mas não nos obrigou a amá-lo!
De forma que tendo todo o poder Ele não "forçou o nosso amor", Ele pediu que o amassemos por obediência e por ser o único caminho.

Mesmo contra todos, Jesus veio sem uso de seus poderes divinos e disse a respeito do Pai. Ele foi um revolucionário, aquele que defendeu o certo, não para agradar, mas para gerar vida.
Quando estava sofrendo, Jesus não utilizou seus poderes para livrar a si mesmo, mas em todo tempo olhou para nós - doentes, fracos, cegos, desajeitados - por amor.

...

6 comentários:

  1. Onde encontro esse livro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li emprestado de um colega de trabalho. Mas, encontrei ele aqui na livraria da cidade onde moro. Então procura numa livraria Cristã, ou pela internet.
      O jesus que eu nunca conheci, Philip Yancey.

      Excluir

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)