Postagens populares

sexta-feira, 13 de maio de 2016

A Moça e o Motorista

Todas as manhãs naquele mesmo horário às 09hs20 min, ela estava no ponto do ônibus, já sabia que ia encontrá-lo. Quando ela avistava o ônibus chegando, seu coração pulava dentro do peito  e ela ordenava nervosa: Calma, coração!

Ela entrava desajeitada e ele a olhava nos olhos profundamente ....

- Bom dia!

Ela o cumprimentava, com tom de voz tímido , mas um olhar determinado e seu coração acelerava muito, muito e cada vez mais.

Ele amava a forma como ela o olhava durante toda a viagem, eles iam se paquerando até o bairro onde ela descia para trabalhar, eles não diziam uma só palavra, não era necessário, os olhos diziam.

O olhar dela era  forte, sério, penetrante, seduzente e tímido ao mesmo tempo. Ele não conseguia entender, mas sentia felicidade quando a encontrava naquele ônibus. Os seus olhos eram somente para ela.

Aquela moça era linda, comportada, vestida decentemente e ele estava confuso.
Simplesmente, era a mulher perfeita para ele. O mais perfeito disso tudo, era quando ele a encarava, ao ponto dela não aguentar e baixar a cabeça e sorrir, depois olhava para outro lado disfarçadamente... Ela ficava ainda mais linda sorrindo. Observava ele, apaixonado.

Ela se questionava em pensamento: Porque eu gosto quando ele me olha e porque eu não consigo ficar sem olhá-lo? Porque meu coração acelera e porque minhas mãos tremem tanto, só pelo fato de estarmos tao pertinhos?
Ela não sabia nada sobre ele, mas já estava apaixonada mesmo assim.

Ele a queria, precisava saber mais sobre aquela passageira que havia lhe encantado e que lhe despertara essa vontade de amar e viver.

Ele estava determinado em chamá-la para conversar na manhã seguinte. Porém, ela não estava no ponto como sempre estivera e ele seguiu viagem tristonho.

Na manhã seguinte ela novamente não compareceu e na outra também não.
E ele arrasado, achou que a havia perdido para sempre e chorou.

Mas para a sua alegria, nunca imaginou que ia encontrar com ela na rua pertinho da praia, numa manhã de sábado ensolarado. Quando já estava sem esperança.  Correu e agarrou-a pelo braço, ela assustada, não se deu conta que era ele. Só quando olhou firmemente cara a cara.

Minutos de silêncio... Respiração ofegante... Nervosismo ... O amor estava no ar.

Nem ela e nem ele, jamais sentiram algo assim, nem ao menos parecido.

Ele disse: Porque você sumiu meu amor? Você não sabe como eu sofri por não vê-la.
Ela se segurando em seus braços fortes respirou e disse: Por favor... eu vou desmaiar.

Ela estava ao ponto de cair ali mesmo, disparada em seus braços, seria isso um sonho para ela ou era mesmo real?

Logo ele a sentou em um banco de baixo de uma árvore e ficaram os dois ali em silêncio; ele segurava em suas mãos e era impossível não notar o tremor de suas delicadas mãos tão geladas.

Comprou água e a deu de beber, deixou ela se acalmar e logo lhe fez a seguinte pergunta:
Quem é você que me conquistou com esse olhar que me deixa nervoso, quem é você que me tira o sono e que me fez chorar esses dias em que não a vi, quem é você que desperta em mim um desejo tão forte de tê-la e fazê-la feliz, quem é você que me faz estar segurando suas mãos nesse momento e te amando, louco para te beijar. Por favor, me diga quem é você ?

Ela respondeu: Eu sou essa moça que se sente imensamente feliz quando você me olha, eu sou essa moça que tenta te passar o que eu trago dentro de mim, eu sou essa moça que quase desmaiou nos seus braços, simplesmente porque era você me tocando, segurando em mim.
Eu sou uma moça que te ama demais e que não tem duvidas nenhuma disso.

Ele sorriu, segurou em seu queixo e disse: Como pode ser tão linda?
Ela o olhou apaixonada e disse: Me beija, porque estou louca para sentir o calor de seus lábios e fechou os olhos, delicadamente ele a beijou com muito desejo.
E ali mesmo a pediu em namoro, noivado e casamento com a certeza de que um pertenceria ao outro eternamente.

Essa é a história de uma moça e um motorista. Onde o amor nasceu em cada olhar e já sabiam que ficariam juntos para sempre.

- Patrícia Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)