Postagens populares

sexta-feira, 15 de julho de 2016

E se Deus disser "Não"?

“Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a Ele.” 
- Romanos 12:2b

Eu confesso, a maioria das vezes eu não compreendo a vontade do Senhor, a minha mente humana “não aceita” certas coisas. Eu não consigo entender o porquê que as pessoas continuam fazendo o mal, mesmo dentro da igreja; eu não consigo entender o porquê de nos relacionarmos tão mal dentro de um meio cristão; eu não compreendo o porquê de tantas guerras que começam por tantas besteiras. Você entende ou simplesmente se conforma?
Vamos mexer com os sentimentos agora, como você reage quando começar a gostar de alguém e no meio da paixão descobre que aquele relacionamento foge totalmente do seu propósito?
O que fazer quando todas as coisas parecem estar ruins e saiu totalmente do seu controle?
Pode ser um desemprego, uma solteirice, um Ministério interrompido, uma perseguição de um irmão, um pecado que você não consegue se libertar, um vício, traumas, palavras torpes que saem da sua boca, enfim. Algo está te deixando confuso e perdido. 

A Oração do Pai Nosso, tem chamado a minha atenção bastante ultimamente, lembra-se daquela oração que Jesus ensinou aos discípulos?

“Pai nosso, que estás no céu, que todos reconheçam que o teu nome é Santo.
Venha o Teu Reino. Que a tua vontade seja feita aqui na terra como é feita no céu!
Dá-nos hoje o alimento que precisamos.
Perdoa as nossas ofensas como também perdoamos as pessoas que nos ofenderam. E não deixes que sejamos tentados, mas livra-nos do mal.
Pois teu é o Reino, o poder e a Glória, para sempre. Amém!”

A nossa vida nunca esteve no nosso controle, eu não tenho o poder de absolutamente nada, a única coisa que existe na minha vida é PECADO e a Graça do Sangue de Cristo para me limpar. Perceba que primeiramente, Jesus nos ensina a reconhecer á Deus como “Santo”, ou seja, essencialmente puro, perfeito. Diante disso compreendemos que Ele é Santo e nós somos pecadores, e sempre que nos colocarmos diante da presença dele, nos sentiremos desesperados por santidade e ao mesmo tempo constrangidos por seu amor. E Jesus continua “Venha o teu Reino, que a tua vontade seja feita aqui na terra como é feita no céu”, ou seja, a vontade dele e não a nossa, porque reconhecendo que ele é Santo e nós somos pecadores saberemos que a vontade dele é perfeita e a nossa é cheia de iniquidades. E Jesus dá-nos uma orientação que é interessante ressaltar, “Dá-nos hoje o alimento que precisamos”, ou seja, nem pelo amanhã ele nos ensina a pedir, ele fala do “HOJE”, porque além de o amanhã não nos pertencer, o amanhã se transformará em HOJE e na necessidade de fazer mais uma oração, isso significa DEPENDÊNCIA de Deus, e o “precisar”, novamente não nos leva ao pedir-lhes o que queremos e sim o que precisamos para que a sua vontade seja feita. E Jesus aponta para mais uma coisa de difícil acesso: O perdão, Ele não esconde as provações que passaremos, ao invés disso fala de um principio: Se você não perdoa seu irmão que é pecador igual a você, como pedir perdão ao Senhor um Deus Santo? 
E sobre as tentações da vida, saiba que nenhuma é irresistível, mas para resisti-las você precisa de Deus, da ajuda dele para te livrar do mal. E no final, o mesmo principio do inicio que é reconhecer que tudo é dele, o poder e a gloria, não somente ontem e hoje, mas para sempre, tratando-se de eternidade. 

E depois disso eu te pergunto: Como questionar o Deus desta oração ensinada pelo seu próprio Filho?

Como dizer a Ele que o meu querer é melhor do que a vontade dele se Ele é Santo e eu sou pecador?

Como discutir as dificuldades da vida, se Ele mesmo não poupou o seu próprio Filho por amor?

A nossa vida é como um grão de areia diante dele e mesmo assim Ele ainda se importa em dizer: Filho, o meu “não” ou o meu “sim” sempre será o melhor para sua vida, independente de você aceitar ou não, apenas creia, pois se a minha vontade fosse agradável a Ti, seria imperfeita, por isso a minha Vontade é aquilo que me agrada, pois Eu sou Santo e Perfeito e cuido dos meus. 

4 comentários:

  1. Oi, gosto muito de ler suas postagens, e como diz acima ela edifica a minha vida. Mas fiquei aqui pensando no final que você deixou [...] se a minha vontade fosse agradável a ti, ela seria imperfeita [...]. Eu tenho certeza que quando passamos por um não de Deus, nos sentimos frustrados, pois não era a nossa vontade receber não, mas quando vemos o caminho que Ele quer nos levar, conseguimos ver que realmente a vontade d'Ele é boa, perfeita e agradável, para nós, pois assim Ele torna. Ele torna a vontade d'Ele agradável para o nosso viver, pois Ele não é um Deus egoísta, se Ele diz na palavra d'Ele que a sua vontade é boa, também se torna para nós, se é agradável, assim também é para nós, e se é perfeita, é porque veio d'Ele. Ele nos diz que viveremos uma vida abundante, então, como poderíamos viver assim se cumprir a vontade d'Ele fosse um fardo para nós. Eu tive o prazer de viver um não do Senhor, mas entendi logo a frente, que o melhor, estava por vir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém flor, Glórias á Deus! Eternamente!
      Então, eu falo no sentido de "pecado", pois a nossa carne tem desejos que satisfazem apenas a nós mesmos e isso não agrada á Deus. Por isso Deus nos chama a negar a nós mesmo, os nossos prazeres, as nossas vontades carnais, entende? Pois, todos os dias temos uma luta constante entre a carne e o Espirito e precisamos cumprir aquilo que agrada á Deus que somente poderá ser feito através do Espirito Santo. E sim, lá na frente contemplaremos que a sua vontade é absolutamente boa, perfeita e agradável, Ele é maravilhoso e nos ama! Deus te abençoe, fica na paz flor <3

      Excluir
  2. Só pergunto: Como questionar o Deus desta oração ensinada pelo seu próprio Filho?
    Amém �� �� Misericórdia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém flor!
      Deus te abençoe, fica na paz <3

      Excluir

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)