Postagens populares

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Do inferno para o amor eterno

“Seria mais fácil contar todas as estrelas do céu e todos os grãos de areia na terra que medir ou descrever o amor de Deus.”
- Paul Washer

Da morte para a vida
Do pecado para a santificação
Do prazer mundano para a boa obra
Da perdição para a salvação
Do inferno para o amor eterno.

Esses somos nós, que acordávamos e caminhávamos para o inferno, porque não dizer que não apenas estávamos caminhando para ele, como em muitas vezes de nossas vidas, vivemos com Ele. O Max Lucado tem uma forma bem simples de dar o significado de inferno: Inferno é todo lugar onde Deus NÃO está, ou seja, uma vida sem Deus torna-se um inferno pessoal. Em nossos dias, ás vezes esquecemos esse termo, confesso que nunca escrevi diretamente sobre o i-n-f-e-r-n-o, mas nunca deixei de acreditar em sua realidade, sabe porque? Por que tem dias em nossas vidas, que precisamos lembrar do que realmente somos salvos, do que as nossas escolhas aqui na terra estão afirmando. As suas escolhas dizem para onde você quer ir e com quem?

Você certamente não chamaria um amigo para passear num cemitério, mas, e se eu te disser que este mundo parece um enorme e grande cemitério? Sem amor, sem perdão, sem paz, sem alegria, sem bondade, sem vida... E Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. (Jo 14:6)” “Quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. (Jo 1125,26)”. Essa é a grande promessa de Jesus, o nosso Salvador e Senhor: Vida. E essa vida não se refere ao seu fôlego enquanto está nesta terra, vida nesse verso se refere ao nosso relacionamento com Deus, porque apenas Ele é capaz de nos levantar da morte e nos levar para si mesmo, nos dando VIDA, nos dando AMOR, nos dando ELE mesmo.

Tenho vividos dias difíceis ultimamente na minha casa, no meu trabalho, na Igreja onde faço parte, nos meus relacionamentos... E tenho chegado em casa como se tivesse levado uma surra de pé de pitanga, fico desmoronada, sem saber o que fazer ou entender como devo me sentir. A dor de um corpo morrendo é alucinante, mas, e a DOR DE UMA ALMA MORRENDO ou a dor de uma ALMA MORTA tem como descrever? Eu não consigo, e foi justamente essa dor que Jesus sentiu naquela cruz, a dor de almas mortas, almas sem esperança, sem paz, sem amor, sem perdão... Quando Ele caminhava em meio à multidão e curava as pessoas, Ele não via apenas seus corpos, Ele via seus corações que estavam apodrecidos pelo pecado, que estavam entristecidos pelas doenças, que estavam morrendo e sendo jogados ao abismo.

O evangelho é claramente isso, trazer mortos para a vida.
Ultimamente há tantas feridas na Igreja, há tantas feridas no corpo de Cristo, mas a nossa esperança é que Ele é a VIDA.

ELE AINDA RESSUSCITA MORTOS.

ELE AINDA CURA CORAÇÕES.

“Ele nos ama como se só existisse um de nós para amar” (Agostinho).

Hoje, eu compreendo (não aceito, mas compreendo) a implantação da Teologia da Prosperidade na Igreja. Multiplicaram-se tanto as necessidades pessoais e físicas de cada um, que as pessoas não conseguem, até tentam, mas não conseguem viver apenas para Cristo, não conseguem mais desfrutar da sua salvação sem ir a busca de algum bem pessoal, de algum desejo. Sabe por quê? Da mesma forma que uma pessoa falecida precisa de um caixão (caros, enfeitados, com bilhetes, flores e lugar especial), uma alma mesmo que esteja sem vida anseia por um corpo glamoroso, desejado, sexualmente atrativo e invejado por todos. Então certamente quando a pessoa não se atrai pela VIDA, se atrai pelo que a VIDA pode dar.

Mas, as coisas desse mundo não podem avivar uma alma perdida, os prazeres deste mundo não podem preencher o vazio de nosso interior. E hoje, de coração entristecido eu vejo quanto estrago os mortos fazem, porque eles tentam matar os que estão vivos. Mas, oro para que aconteça o que Jesus mandou: “Ide e fazei discípulos”. Mortos que foram ressuscitados indo e trazendo outros mortos para a VIDA que é Jesus.


Esse é o Grande acontecimento, a grande boa noticia: Pessoas que antes viviam um inferno, hoje encontram o amor eterno. 

2 comentários:

  1. Forte hein, e muito linda a mensagem! A.M.E.I *-*

    Primeiro amor, comunhão com a Trindade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, amém e amém!
      Glórias á Deus, que o Senhor Jesus abençoe a sua vida poderosamente!
      Fica na paz <3

      Excluir

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)