segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Missões começam em casa

“Seu principal Ministério começa em casa.” – Paul Washer 


No domingo anterior (12/11) foi culto de Missões, e durante todo o ano foi falado a respeito de muitos países, de muitas crises, de muitos perigos e na maioria das vezes nós pensamos que missionários são somente aqueles que largam tudo e vão embora para outra cidade, estado e até país para pregar o evangelho e na verdade não é. Missões é simplesmente o ato de levar a mensagem do evangelho a alguém e cada um de nós quando somos verdadeiramente salvos em Cristo temos essa comissão. Spurgeon disse: "Todo cristão ou é um missionário ou é um impostor", isso significa que automaticamente quando você torna-se discípulo de Cristo, tem a missão de levar a outros sua mensagem e a sua casa é o seu primeiro campo de evangelização. 

É muito fácil ser cristão dentro de uma congregação onde "todos" estão no mesmo proposito, mas e em casa onde somos apontados, perseguidos, maltratados, caçoados por nossa fé? O nosso maior desafio é ser verdadeiramente cristão dentro de casa, é ai onde será revelado se somos verdadeiramente convertidos. E não somente levar o nosso testemunho através de ações, mas orar por nossos familiares e aproveitar as oportunidades para falar da Palavra do Senhor, sempre com paciência, cautela e amor. O nosso proposito não é afastar os impios, mas sim perseverar para que sejam alcançados, assim como um dia o Senhor nos alcançou. 

É um trabalho árduo, muitas vezes podem levar anos, mas não desista. Cristo não te colocou no lugar onde você está atoa, Ele tem um proposito maior, Ele quer te usar. Uma família Cristã estruturada faz diferença em uma sociedade completamente corrompida. 

E hoje trago para vocês, dois textos de dois autores para que você possa refletir e despertar para esta obra missionaria em sua vida! Você é um missionário dentro da sua casa!

"No Evangelho segundo São Marcos 6, lemos: “Então, chamou os doze e começou a enviá-los dois a dois”. Assim começa a missão dos apóstolos, e assim ela começa em nós. Temos como missão salvar aqueles que amamos.
Devemos nos colocar em missão dentro de nossa casa, devemos estar curados para que todos os testemunhos que dermos não sejam da boca para fora. Há pessoas que são santas na Igreja, mas, dentro de casa, são como demônios. Isso é triste!
Devemos nos converter verdadeiramente, não podemos ser meio-cristãos e meio-pagãos. A Palavra de Deus diz que devemos ser frios ou quentes, pois se formos mornos o Senhor nos vomitará. Muitas vezes, o melhor lugar para vivermos a primeira conversão é dentro da Igreja, mas a conversão real acontece dentro de nossa casa.
Muitas vezes, queremos impor condições para servir a Deus, mas não podemos agir assim. Quando O amamos, fazemos por gratidão.
Cada um deve usar seu dom para que a vontade do Senhor aconteça. Ele nos chama a sermos desprendidos de todas as coisas para salvarmos almas para Ele.
Se você é um evangelizador e tentou evangelizar alguém, mas essa pessoa não aceitou seu anúncio, fique tranquilo, pois você abriu a sua boca para evangelizar.
O Senhor não quer pessoas perfeitas, mas abertas às obras d’Ele e que busquem a perfeição. Para vivermos bem nossa conversão dentro de casa, precisamos abandonar os vícios do passado. Quem era beberrão, pare de beber.
Cuidado com o vício das redes sociais, principalmente os casais em que um coloca senhas e o outro não sabe. Isso é individualismo! Por que essas senhas o esposo ou a esposa não pode ver? Os pais devem ter toda a liberdade de ter acesso à vida dos filhos, pois foram eles quem lhes deram a vida.
A primeira missão dos cristãos é ser família dentro de casa. Existem pais que passam a vida inteira sem conhecer os filhos; isso acontece, porque eles estão vivendo a própria vida sem incluir os pequenos. Alguns abandonam a vida de oração. Em nossa casa, precisamos colocar a oração em prática, para que sejamos cheios da bênção e da graça de Deus.
Nossa vida com Deus não pode ser um desencargo de consciência, mas um meio de alcançar a santidade." 
(Autor desconhecido)

O homem é o principal responsável pela segurança (e pelo fracasso) da família. Em Marcos 14:27, Jesus diz: “Todos vós vos escandalizareis, porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas ficarão dispersas.” Você já parou para pensar nesse texto? Se você quer acabar com uma igreja, fira o pastor. Nesse texto, Jesus Se referia a Ele mesmo – quando Ele fosse morto, os discípulos iriam se dispersar. Quem é o pastor da família, o cabeça? Se o marido for corrompido, toda a família o será. Se o pai estiver enfermo, se ele estiver mal, sem exercer liderança, toda a família sofrerá. É por isso que Satanás está pegando pesado com o movimento feminista, está tirando a liderança e a voz ativa do homem – porque isso é um princípio espiritual.
A égide da família está nas mãos do homem. Então, não adianta ser pastor, teólogo, evangelista ou qualquer outra coisa, se eu, primeiramente, não cumpro a minha vocação de marido e de pai.
Isso é um ministério, um chamado! É muito fácil ter filhos e deixá-los jogados. É preciso disciplinar, ensinar asseio, bons modos, o português… A vontade da criança é rebelde, e cabe a nós pais quebrá-la, subjugá-la. Isso é o dia todo! Além de tudo, temos também de ensinar o que é relativo à nossa fé.
Como um homem cuida de sua família? Você sabia que a escola dominical, os departamentos de jovens e de mulheres, bem como os outros departamentos e programações da igreja, não têm obrigação nenhuma de ensinar, educar e discipular os seus filhos e sua esposa? Isso porque essa obrigação não está prevista na Bíblia! Todas essas instâncias são boas e saudáveis, sim, mas sobre elas não recai essa obrigação de instrução. Tal obrigação recai sobre o líder da casa, sobre o marido, o pai!
Essa obrigação é cumprida quando, em primeiro lugar, o marido discipula a sua esposa e os seus filhos. À parte do culto, não é dever do pastor de sua igreja ensinar doutrina à tua esposa. Também não é obrigação dos oficiais da igreja ensinar doutrina, educação e bons modos a teus filhos. Essa é uma obrigação tua, marido e pai. É assim que se tem uma família saudável: tratando a principal peça, o marido, o cabeça, que é responsável pela saúde do lar. Quando a família está saudável, o ministério será saudável, a igreja será saudável e bíblica, e a nação será transformada pelas famílias cristãs.
- Pr. Paulo Júnior 

Que Deus continue te abençoando em Cristo Jesus!

Com fé, 
Shirley Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)