sexta-feira, 30 de março de 2018

O amor revelado na cruz do calvário

E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.
- João 19:30


O amor encarnado
foi traído, humilhado, açoitado
Numa cruz foi pregado
Como se fosse um assassino, um culpado
para que eu pudesse ser salvo
da morte que traz o pecado. 

Quando Cristo me encontrou
não compreendia quão grande amor
que na cruz do calvário se revelou
em dar-se por inteiro a pessoas
que nunca o deram valor. 

Como ovelhas perdidas sem Pastor
a morte nos cercava de todos os lados
Do perigo do pecado, Deus nos socorreu
pois um cordeiro sem mácula concedeu
Para morrer em nosso lugar
E escape da condenação, a salvação alcançar.

Cristo, Seu filho, Ele enviou
E na cruz do calvário se sacrificou
Declarando Seu amor pela humanidade
Garantindo-nos um lar na eternidade
Ao terceiro dia, ressuscitou.

Quando o véu se rasgou,
Acima da morte triunfou
Remindo almas, plantando amor
Como flores do deserto que água recebem,
Nos foi dado à Graça, uma paz, celebre! 

Restaurados, amados, livres de todo o pecado

Socorridos do caminho errante, 
para viver a vida abundante 
Conquistada pelo sacrifício de amor, 
pela dor do Nosso Salvador. 

Bendito é o Cordeiro Santo, Glorioso e Perfeito.
Lavou-nos com o Seu sangue puro, apesar dos nossos defeitos.
Agora somos justificados,
Pelo seu sacrifício na cruz,
Pra sempre exaltado
o seu nome é Jesus.

No passado, as casas dos Judeus na terra do Egito
tiveram as ombreiras das portas marcadas por sangue de um animal
Para que a morte não os fizesse mal
O povo estava a salvo.
Mas, hoje temos o sangue carmezim
Derramado por você e por mim
Creia no Evangelho e estará salvo também,
Pois o filho de Deus padeceu para que todo aquele que nEle crê, não morra,
mas viva eternamente, amém?!

Aleluia, a sepultura não é o fim
Jesus por seu sangue nos justificou
Com poder e glória triunfou
A vitória com Ele vamos celebrar
Com gozo no coração declarar:
O Rei para sempre, vivo está.


Com esperança e gratidão,
Francisca Motta
Lavínia Da hora
Patricia Gomes &
Shirley Costa.

                       A cruz por Billy Graham

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)